3000 de Esparta?

28 07 2010

Enquanto se aproximava das Termópilas, Xerxes não poderia prever a grande derrota moral que seus cem mil soldados sofreriam diante de apenas 300 soldados espartanos. O imperador persa necessitou de três dias para derrotar um exército ínfimo – comparado ao seu – e sua vitória não camuflava a perda de moral de seus soldados.

                        Ao final de Junho 2010, o Museu de Arte Popular atingiu duas marcas expressivas, passamos dos 3.000 visitantes na exposição Caminhos do santo(inaugurada em 21 de Dezembro de 2009), e, em seguida, os 3.000 visitantes no primeiro semestre de 2010. É um número representativo, já que no mesmo período, em 2009, o museu recebeu menos de mil visitantes. Torcemos para que no próximo ano possamos triplicar novamente nossos números, sempre atendendo com atenção e compromisso nossos visitantes ávidos por cultura.

                        Para nós, da equipe MAP, os 3.000 visitantes são uma grande vitória. Não uma vitória desmoralizante como a da Pérsia, tão pouco uma vitória moral como a dos espartanos. O Museu de Arte Popular teve uma vitória completa, pois cultura, educação e pesquisa, nunca são demais.

                        Se a pena (caneta) realmente é mais forte do que a espada, os visitantes do MAP não resistiriam três dias contra Xerxes. Pelo contrário, teriam dizimado o exército persa e expulsado o imperador aos pontapés…

Os gregos então?

Estes não teriam chances. Sorte deles que o Museu de Arte Popular foi fundado quase dois mil e quinhentos anos depois.





Férias no Museu

13 07 2010

Dizem as más línguas que museu é lugar de passado e de tudo que for monótono, chato e sem graça.

            Mas, quem se debruça sobre estas instituições, sabe que a realidade, em alguns momentos, é bem diferente. O passado é pertinente, porém, revisto, atualizado, servindo como portal atemporal.

            Os museus são locais propícios de aprendizado, recebendo o público em geral, em especial, as escolas que os procuram no decorrer do ano letivo, a fim de ampliarem seus horizontes acerca de elementos culturais.

            No entanto, o período das férias escolares (Julho), gera sempre uma baixa nos espaços no que concerne à visitação da comunidade escolar, sem seu público assíduo de estudantes ávidos por saber.

            Pensando nisso, o Museu de Arte Popular resolveu driblar a ausência dos alunos, participando nos dias 13, 14 e 15 de Julho, em parceria com a Gerência de Animação Cultural, da Prefeitura do Recife, da Colônia de Férias, recebendo 150 alunos de escolas público-municipais.

            Os “colonos” vivenciarão uma mediação especial, com brincadeiras, dinâmicas, teatro e muito aprendizado. Será um dia diferente para funcionários e visitantes, uma verdadeira invasão mirim e, no final, será uma grande festa, do lazer, da educação e da cultura.

            Já vamos indo que a brincadeira vai começar!!!





Mudou!!!

13 07 2010

Mudanças no Museu de Arte Popular!!!

Não, o MAP não abandonou sua histórica e tombada fachada na casa 49 do Pátio de São Pedro. Tão pouco a exposição “Caminhos do santo” deu lugar a uma nova mostra.

                        As mudanças foram nos números de telefone do Museu de Arte Popular.
Para falar com o departamento de pesquisa e o educativo (para agendamentos), aqueles que estão ávidos por cultura, conhecimento, agendamentos, programação e horários de funcionamento, devem telefonar para 3355-3110.

                        Os e-mails permanecem os mesmos, museudeartepopular@hotmail.com e-mail principal; educativomap@hotmail.com para aqueles que desejam agendar ou entrar em contato com nosso setor educativo; ou, ainda, o recentemente criado pesquisamap@hotmail.com para aqueles que desejarem falar com nosso setor de pesquisa.

                        Ah, o blog? Este continuará firme e forte!